Tirando tempo. Inalando amor.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Há um tempo atrás falei que toda semana eu faria um texto semanal. Infelizmente não comecei a cumprir essa meta; até agora. Amo escrever, desabafar, fazer as pessoas refletirem e me fazer refletir ao mesmo tempo. O meu tumblr era vítima dos meus desabafos, agora é a voz do blog. Eu sei que o nome é "Moda e Vícios" e que eu deveria dar foco à moda. Mas não ando me sentindo à vontade em falar sobre tendências; prefiro resenhas, livros, séries, músicas e principalmente fotografias. Já percebi que as pessoas preferem um diferencial, e moda definitivamente está em todos os cantos. Todo mundo quer um lugar pra visitar e se sentir bem. Estou mudando o foco de muitas coisas, seguindo em outros rumos.

Desde que o ano começou estou obcecada por meditações, mantras, músicas relaxantes, exercícios leves e outras inúmeras coisas saudáveis para a minha alma e meu espírito. Me sinto na vontade de largar tudo por um dia e partir para um lugar "deserto". Seja no sítio, seja na floresta, ou na praia. Ainda vou fazer isso, largarei a internet por um dia, levarei apenas o celular para fotografar o meu dia e as minhas experiências. Andei refletindo sobre a vida e percebi que é tudo tão pequeno, tudo tão delicado. Queria me conectar à natureza e a Deus; me sentir parte do universo, não apenas como uma partícula. 

Estou procurando sentido nas pequenas coisas da vida. Sabe quando o medo bate na sua porta e você não sabe o que fazer? Mentalize. Medite. Atraia pensamentos positivos, se dedique às coisas que você ama, atraia o que te faz bem, transmita paz e positividade. A minha vida está de cabeça para baixo, lembrei que irei completar 19 anos em junho, e ainda não estou numa faculdade, ainda não estou me dedicando ao que amo fazer: teatro e cinema. Mas isso não é motivo de me deixar levar pela incerteza.

Sempre fui crente de que tudo acontece por uma razão. A vida me trouxe de volta para Cajazeiras, talvez Natal não seja a cidade certa pra mim; pelo menos não agora. O teatro daqui está terminando de ser reformado, e até lá eu posso procurar formas de me envolver nas artes da minha cidade. Estou deixando a tristeza de não estar em Natal fazendo o que amo, e optando por uma nova possibilidade. E é assim que a vida deve ser: cheia de possibilidades, recomeços e novas chances.  Enquanto houver vida, há esperança.

Siga em direção a um único foco. Corra em busca da sua paz, se envolva com pessoas de bem, faça o bem, atraia o bem, queira o bem; a vida irá te retribuir de todas as formas. Inale amor, ponha o ódio pra fora. Tire um tempo só pra você. Ponha aquela música relaxante, pare pra refletir enquanto ela toca, ou pratique yoga, meditação... Pense nos detalhes da vida, pense em como todos os problemas são pequenos em relação ao que muitos enfrentam diariamente. Não use o desespero ao seu favor, mantenha a calma e lembre-se: a gente atrai o que transmite. Fiquem com as minhas palavras e reflitam. Beijos e até amanhã!
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Valeska Ribeiro © 2013 - 2014